Bem isso! Depois do meu primeiro 70.3 em Abril de 2022 pedi férias! O Ironman 70.3 foi maravilhoso, mas também um carrossel de emoções. O treinamento foi intenso durante os 3 anos da pandemia e o marca e desmarca de prova estendeu demais o tempo de treinamento que tornou tudo exaustivo. Por isso decidi descansar e planejar minhas novas provas alvo só em 2023.

Já o marido terminou o 70.3 pilhado se inscreveu logo na maratona do Rio e em todas as meias maratonas no Rio. Enquanto eu buscava um novo hobby + tranquilo, comecei a fotografar e torcer em todos os eventos esportivos

Não sei se o Alisson (meu marido) achou que eu estava traumatizada depois do 70.3 ou com preguiça. Apareceu na sexta-feira, 29/07 com uma inscrição para meia maratona S21K que aconteceria no domingo, 31/07. Ainda não sei se o marido queria me ver animada ou me matar de vez!

Fiquei meio assustada, pois estava com treinos curtos e subindo montanha uma vez por semana. Os treinos mais longos duravam 1h de 2 a 3 vezes na semana. Deu pra entender o meu susto.

S21K

Véspera da prova

Nem preciso dizer que a S21k não estava nos meus planos e tinha pouco tempo para fazer meu ritual – tem um e-book interessante no site com minhas dicas para aproveitar ao máximo as provas de corrida de rua.

Na sexta fiz normalmente meu treino de subida, conforme previsto na planilha e sábado achei melhor descansar. No entanto tinha um jogo do Flamengo no meu calendário, então fomos pro maraca torcer. Assim que acabou o jogo vim voando pra casa e às 23h40 estava embalada no sono profundo dos deuses.

Na alimentação segui o plano de sempre: Bastante água! Um aporte maior de carboidrato – aquela típica macarronada a bolonhesa + uma garrafa de gatorade ao logo do dia e no jantar uma comidinha regrada no carbo e na proteína, curto: um aipim, batata doce, macarrão, uma sopa – neste dia em especial tomei minha maravilhosa sopinha de beterraba com cubos de frango (receita tá aqui no site). Vale lembrar que é bom evitar verduras e qualquer coisa que solte o intestino – ninguém quer o intestino solto no dia da corrida.

Na véspera da prova eu Priorizo: Descanso, Água, Carbo, Gatorade e um casaquinho!

Na véspera da prova eu Evito: Comer algo novo, álcool, Fibras e treinos.

Dia da prova

Nesta S21k acordei esperando algum milagre, mas já sabendo que milagres assim não existem e precisaria encarar a S-21k. Então levantei logo da cama e segui para o meu check-list! Vou listar aqui o que faço no dia de qualquer prova! Estou super adaptada se quiser usar qualquer uma destas dicas é melhor conversar com o profissional que te acompanham tá, não sai fazendo tudo que te mandam sem testar nos treinos antes.

  • Pra começar o dia da prova aquela ida básica ao banheiro para liberar o intestino!
  • Um café da manhã esperto – no meu caso um café forte, com no máximo uma colher de pasta de amendoim (tenho o hábito de treinar em jejum pela manhã, mas sempre faço um bom aporte de carbo na última refeição do dia anterior)
  • Protetor solar no corpo e rosto, viseira, óculos, porta número, roupa confortável, tênis habitual, meia cano longo e própria para corrida (fuja do algodão)
  • Nesta prova usei fones de ouvido, pois precisava de mais alguma coisa para me distrair neste desafio surpresa.
  • Levei 3 gel de carboidrato + 3 balas em Goma de carbo para comer minutos antes da largada.

Partiu!

Estratégia surpresa!

Minha estratégia é sempre dividir a prova em 3 partes: 7/14/21

  • Os primeiros 7 km é o aquece num pace mais confortável e moderado – Pra mim gira em torno de 4’55
  • No km7 aquele gel de carboidrato com água! É a hora de tentar baixar o pace para 4’50
  • No km 14 mais um gel de carboidrato com água. Chegou a última parte da prova, momento de se entregar e dar tudo que sobrou! No meu caso tá na hora de apertar mais um pouco e seguir num pace abaixo de 4’50
  • E o mais importante beber um gole de água em todos os pontos de hidratação! É a minha lei mais importante. Se desidratar ferrou.

Essa foi a estratégia para seguir numa prova mais confortável e ao mesmo tempo com aquela adrenalina que amamos!

Largada

Tudo dentro dos conformes e planejado. Só que não! Em algum momento percebi que não tinha gel de carboidrato suficiente pra mim e o marido! Aí…Eis que surge um amigo anjo que consegue comprar 3 géis antes da largada. Salvou minha corrida.  Amém!

Goma de carbo pra dentro, larguei com meus fones de ouvido e o espírito aventureira no zigue zague da largada. Desta vez super zen, na esperança que um dia as pessoas mais lentas corram sempre pela direita, deixando a esquerda livre para as ultrapassagens. Amém!

Quando comecei a correr foi como se todo aquele sentimento preguiçosamente ruim deixasse meu corpo! A energia de uma prova de corrida é maravilhosa e imediatamente as pernas responderam entrando no clima da prova.

Foi tudo maravilhoso, segui o plano com apenas um adendo: Eu queria mais curtir a vibe do que ficar controlando a velocidade. Encontrava amigos no caminho e saia do ritmo planejado pra mais e para menos…. Foi meio louco, mas no final! Deu tudo certo, conclui e me diverti muito.

O que deu errado:

  1. Uma pequena dor de barriga quando cheguei em casa. Muito provavelmente por conta do gel de carboidrato novo que usei. No mais foi maravilhosa.
  2. A Chamada do treinador: Você pediu para reduzir o treino porque queria férias e do nada vai fazer uma meia maratona?! O corpo precisa estar preparado pra isso. Manda seu planejamento. Gelo hoje e bom domingo

Resultados

Tempo Final

01:45:40

Classificação Geral

636

por Sexo

71

Já o alucinado do meu marido está super bem treinado, aproveitando bem os treinos! Estou muito orgulhosa dele e de toda sua dedicação ao esporte.

Alisson arrasou com Tempo Final de 01:38:25 

Longe de mim incentivar a galera à correr com a inscrição de outro atleta. Mas sabemos que isso acontece demais. Dessa vez meu marido comprou a inscrição de uma amiga que não podia correr, então fui no lugar dela, com o número dela.

O melhor é não fazer! Mas se por acaso fizer, coloque seus dados atrás do número de peito, dados principais são: Nome completo, contato de emergência, endereço, documento de identificação e os dados do plano de saúde.

Como corri com a inscrição de uma amiga não sei a classificação por faixa etária  – ela é bem mais novinha e acabei dando uma zoada na classificação. Essas são as partes ruins de comprar inscrição de terceiros

Por hoje é só meus lindos! E essa prova ativou meu radar e terminou com as minhas férias! Agora é hora de organizar a agenda de provas oficiais e já incluir a próxima no calendário.

Aproveita que você leu até aqui e deixa um comentário sobre sua estratégia para provas de corrida e o que achou deste post. Te ajudou em algo?

Sobre a S-21k

Ela realmente entrega o que promete: Uma prova plana, rápida e com um percurso deslumbrante! Exatamente isso.

Começando no Posto 12 e terminando no Aterro a única parte ruim da prova são as curvas no Centro da Cidade, entre os km 15 e 17. De resto tudo foi maravilhoso incluindo a temperatura perfeita de 19ºC com umidade de 74%. Muito D+!

E teve novidade nas cores das medalhas. Pra quem ficou curioso vou explicar rapidinho:

Foram quatro faixas de performance: Medalha Verde Black Platoon (sub-1h35min); Medalha Laranja Gold Squad (sub-1h45min), Medalha Vermelha Red Crew (sub-2h00min) e Medalha Azul Blue Gang (acima de 2h). 

Deixe um comentário